O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Dança do ventre


           


A brisa leve que chega do oriente
é o criador enviando raios de sol.
E, quando eu sinto o sol ardente,
sei que nunca estarei perdida e só.

No salão do palácio, as mulheres dançam
a dança sagrada que enaltece o ventre.
De onde surge a vida, elas proclamam:
Viva o nosso sagrado e divino oriente!

O corpo da mulher é um templo sagrado
cujas curvas são as abóbodas celestes do palácio.
Os seios da mulher são duas obras divinas
cuja textura de veludo e seda nutre a vida.

A mulher é a criatura mais perfeita do criador,
fonte de compaixão, sensibilidade e amor.
A mulher é o esplendor dentre toda a criação,
pois lapidado com o ouro foi o seu coração.

Mais nobre que todos os palácios é o seu ventre
que faz florescer a vida e tudo o que sustenta a terra:
criatividade, amor, prazer, paz e diplomacia terna.
Louvada seja a grande mãe em todos os continentes.

As mulheres nasceram para ser irmãs e cúmplices
e não para perecerem de rivalidade, inveja e ciúmes.
Cada mulher é uma flor única, esplendorosa e bela
que exala perfume de amor no jardim do planeta Terra.

Os homens nasceram com o corpo forte e a alma frágil
e, por isso, necessitam de femininos e doces cuidados.
No ventre de uma mulher, o homem deita a sua cabeça,
recebendo todas as carícias que curam a sua tristeza.

A força física do homem serve para proteger a mulher
e não para oprimir e maltratar a sua sagrada amante. 
A mulher é uma deusa que deve ser cuidada como um diamante!
No coração de cada uma, existe a coragem da bela Ester.

Quando o homem trata mal a mulher amada,
o céu encerra o seu canto e os anjos choram.
Por ver a sua melhor obra sendo injustiçada,
o céu fica turvo e o grande criador se revolta.

Enaltecer a mulher é enaltecer a Deus
que criou a mulher para servir ao seu amor.
No coração de uma mulher, reside o seu esplendor,
fantástico recanto de compaixão ilimitada.

Enquanto o egoísmo masculino faz guerras,
destrói vidas, separa povos e devasta terras,
o amor feminino cura, ajunta, liberta e sana
todos os males da maldade humana e profana.

A mulher é a esplêndida obra do criador,
deusa sagrada que carrega o doce mérito
de ser a intermediária de todos os mistérios.
Viva o seu ventre que é bálsamo de amor!

O ventre é o pórtico da vida que a mulher carrega.
Nessa dança, vamos nos entrelaçar à feminina entrega.
Eu rodopio com os véus, ergo as mãos e mexo o meu ventre
enquanto sinto que a minha alma vibra e o corpo treme.

Sinto-me uma deusa a cada movimento da dança
enquanto os meus pés descalços deslizam no chão.
Entregue-se ao amor, à fé, à vida e à esperança
que habitam dentro de seu nobre e feminino coração.

O universo todo gira em torno do meu ventre
e o meu ventre gira em torno do universo.
A graça do meu ventre tem a força de um leão
e a doçura da minha voz domina até um furacão.

Há um ponto do universo em meu umbigo
que se conecta com o divino a cada giro.
Enquanto as lantejoulas de meus seios balançam,
posso ouvir o cântico angelical da bonança.  

Eu estou dançando com os sinos de Deus,
e Deus está abençoando os meus giros.
Eu e Deus somos uma só luz brilhante
que emana do meu ventre radiante. 

Poesia escrita por Tatyana Casarino

Estra poesia retrata a importância da mulher para a criação, tendo em vista que a mulher é a luz do mundo segundo o esoterismo. 

Confira músicas de Dança do Ventre:




https://www.youtube.com/watch?v=Sa9N3zF5DVY
 


*Dica: Navegue no Blogue através das TAGs (marcadores ao lado direito do Blogue) e clique em um tema de sua preferência. Aqui há poesias românticas, poesias sensuais, poesias místicas, poesias do Sagrado Feminino e muito mais.

*Observação: Se você está lendo a Poesia no Celular ou no Tablet e gostaria de visualizar as TAGs, clique em "Visualizar versão para web" (tal frase localiza-se acima de "Quem é a escritora?" na minha descrição).

Abraço, 

Taty.

*Fonte da Imagem:

Pinterest (Aplicativo e Site de Imagens). 



2 comentários:

  1. Sensualidade pura tanto na dança quanto na poesia. Você como ninguém consegue passar para o mundo das palavras sentimentos e sensações das mais variadas possíveis. Cada poesia é melhor que a outra!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é fácil transmitir sensualidade de um jeito elegante sem cair no vulgar. Escrevo com muito carinho e delicadeza cada sentimento transmitido desde a sensualidade até a espiritualidade. Amei seu comentário. Gratidão infinita!!

      Excluir