O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





domingo, 18 de dezembro de 2016

O Sagrado Feminino



 Vamos refletir sobre as diferenças entre Sagrado Feminino e Feminismo?





 Sagrado Feminino X Feminismo



   
*O feminismo te vê como um acidente social. O Sagrado Feminino te vê como uma criatura esculpida por Deus.
*O feminismo te oprime ainda mais quando te chama de "oprimida". O Sagrado Feminino te liberta quando te chama de Deusa.
*O feminismo banaliza os teus seios ao despir o teu corpo. Teus seios já não pertencem a ti, pois passaram a ser as armas da guerra, da histeria e do caos. O Sagrado Feminino abençoa os teus seios como símbolos de amor, nutrição, paz, autenticidade e identidade feminina. Para o Sagrado Feminino, teus seios são como as mais belas obras de arte do Criador.
*O feminismo te leva à utopia e à loucura. O Sagrado Feminino te leva à verdade e à lucidez.
*O feminismo é político. O Sagrado Feminino é divino.






*O feminismo incita o ódio e a destruição. O Sagrado Feminino traz amor e união.
*O feminismo é vaidade intelectual. O Sagrado Feminino é equilíbrio espiritual.
*O feminismo infla o ego. O Sagrado Feminino cura o ego.
*O feminismo grita e não é ouvido (quanto mais gritamos menos somos ouvidos). O Sagrado Feminino silenciosamente muda tudo como as águas correntes de um rio transformam toda a natureza.
*O feminismo é amargo. O Sagrado Feminino é doce.







*O feminismo traz embustes e orgulho. O Sagrado Feminino traz honra, humildade e amor próprio consciente.
*O feminismo é ideologia. O Sagrado Feminino é Ação Transformadora.
*O feminismo é falsa revolução. O Sagrado Feminino é a verdadeira transmutação.
*O feminismo é vã filosofia. O Sagrado Feminino é profunda Magia.
*O feminismo é sociologia. O Sagrado Feminino é cosmologia.
*O feminismo é um dedal. O Sagrado Feminino é o oceano.





*O feminismo diz que beleza, sensualidade e maternidade são "construções sociais opressoras". O Sagrado Feminino diz que são atributos mágicos. A Beleza está em toda mulher, sem exceção. Consoante Khalil Gibran, a beleza não está na cara, mas na luz do coração. A sensualidade não é pecado, mas o palco mais profundo da tua expressão selvagem e sem freios. A maternidade é sagrada, divina e inevitavelmente feminina. 

                 


*O feminismo vê preconceitos e opressões por todos os lados e propaga o vitimismo. O Sagrado Feminino vê a deusa que habita em cada mulher, sem distinção ou preconceito. O feminismo defende o aborto como manifestação da liberdade da mulher. O Sagrado Feminino defende a liberdade da mulher, mas respeita a vida. O Sagrado Feminino é contra o aborto.

 *O Sagrado Feminino defende todas as manifestações da vida desde a semente até o ápice. Inevitavelmente o útero pertence à mulher. Quando a vida se manifesta dentro de nós, não podemos fugir dela. A mulher é livre, mas responsável pela vida gerada dentro dela. 





*O feminismo diz que "feminilidade" é construção social e, curiosamente, te leva à "masculinização" paradoxal. O Sagrado Feminino diz que a feminilidade é a manifestação dos anjos venusianos (anjos de Vênus, o arquétipo da deusa Afrodite, deusa da beleza e do amor). O Sagrado Feminino diz que a feminilidade faz parte da essência universal, mas respeita a mulher com personalidade distinta ou orientação sexual diversa. O feminismo é o Yin e o Yang bagunçados. O Sagrado Feminino é o Yin e o Yang em perfeito equilíbrio. 






*O feminismo defende os direitos dos homossexuais atacando a família e tentando destruir os conceitos de "homem" e "mulher". O Sagrado Feminino defende os direitos dos homossexuais e a diversidade sem atacar a família. A família deve ser o palco do amor e o lar deve ser a porta do paraíso. Os pais devem aceitar os filhos exatamente como eles são. O ser humano não deve ser julgado por sua orientação sexual, pois todos nós somos iguais aos olhos do Pai Criador. 







*Os conceitos de "homem" e "mulher" são necessários, pois eles estão presentes até mesmo nas relações homossexuais. Dentro de um casal (independentemente do tipo de casal), sempre haverá uma pessoa mais "Yin" (passiva, feminina, doce, lunar e intuitiva) e uma pessoa que manifesta o seu lado mais "Yang" (ativo, guerreiro, corajoso, solar e audacioso). O Yin e o Yang, no entanto, estão dentro de todos nós. 






*O feminismo mutila parte da tua essência para te transformar em um homem sob a pretensão da defesa da igualdade. O Sagrado Feminino te transforma em uma mulher poderosa. E tu serás tão respeitada quanto um homem de negócios na vida concreta e mundana quando tu exibires a tua essência espiritual. Tu serás igual aos homens e ainda permanecerás Mulher. Uma Mulher verdadeiramente Mulher e poderosamente selvagem e feminina. 

                     



 *O feminismo diz que você não nasce mulher, mas torna-se mulher. O Sagrado Feminino diz que você nasce mulher e torna-se ainda mais mulher (poderosamente). O feminismo diz que você é o segundo sexo. O Sagrado Feminino diz que você é o princípio, o meio e o fim. 






*O feminismo diz que a beleza, a sensualidade e a maternidade te prendem. O Sagrado Feminino diz que tais atributos apenas te tornam ainda mais mágica e impressionante. Mas, tu estás muito além desses atributos. É claro que eles não te limitam. Tu és um ser absoluto que não pode ser aprisionada por qualquer característica. Mas, tu não precisas abrir mão de qualquer atributo para a liberdade. Tu podes conciliar todos os teus atributos. 






*Para o Sagrado Feminino, tu podes ser inteligente, dinâmica, empreendedora, criativa, profissional, competente e ainda bela, sensual e materna. Tu podes ser uma guerreira sem abrir mão da tua fé ou da tua delicadeza. Tanto o machismo quanto o feminismo te subestimam. O Sagrado Feminino te exalta como uma Deusa. 






*O feminismo insiste em lamentar o fato de você ser o "segundo sexo". O Sagrado Feminino exalta a tua natureza diferenciada. O Sagrado Feminino coloca a tua essência no início da criação. Mas, ainda que você fosse o número 2, o Sagrado Feminino não acredita que o segundo seja inferior ao primeiro necessariamente. 





*Sol e Lua são os dois olhos de Deus vigiando a Terra dia e noite.



*Deus criou o 2 ao mesmo tempo que criou o 1. Deus não criou o 2 depois do 1 como pensam. A lua é tão sagrada quanto o sol. A Mulher tão sagrada quanto o Homem. O número 1 pode fazer tudo o que quiser sozinho: criações de todos os tipos. Mas, para frutificar a sua essência ou gerar um filho, ele necessita do número 2. Para a criação do 3, o 1 é totalmente inútil sem o 2. Se não existisse o 2, não haveria 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9...

                                        






*O 2 é vida! O 2 é Sabedoria! O 2 é a Sacerdotisa do Templo, aquela que sustenta as energias e que domina o mundo! O 1 é o Mago, o primeiro Arcano do Tarô. O 2 é a Sacerdotisa, o Arcano dos Arcanos, a chave para todos os mistérios!





* O Sagrado Masculino


*O feminismo tira as armas dos homens (geralmente, as feministas são favoráveis ao aborto e ao desarmamento). Não deixa de ser curioso e paradoxal apoiar a morte de uma vida recém manifestada e ser contra as armas. É hipocrisia criticar as armas dos homens (usadas precipuamente para legítima defesa e em situações de alto risco) e concordar que a vida inocente do útero seja ceifada. 






*O Sagrado Feminino dá armas espirituais para os homens (e escudos para a proteção também). O feminismo enxerga os homens como opressores malditos. O Sagrado Feminino enxerga os homens como criaturas sagradas, respeitando o Sagrado Masculino. O feminismo vê os homens com raiva, rancor, desunião e competição. O Sagrado Feminino enxerga os homens com amor, perdão, união e fraternidade. 






*O feminismo enxerga os homens como criaturas "perversas" ou "estupradores em potencial". O Sagrado Feminino enxerga os homens como criaturas divinas e respeitadores em potencial. Superficialmente, o feminismo enxerga os homens como seres poderosos e intolerantes. O Sagrado Feminino enxerga os homens profundamente, pois sabe que há carências por trás do "poder". O Sagrado Feminino olha para os homens como se eles fossem meninos carentes que precisam ser elucidados, nutridos, amados, iluminados, educados e esclarecidos. 

*Entretanto, o Sagrado Feminino respeita os homens e o seu Sagrado Masculino também. O Sagrado Feminino sabe que os homens podem ser humildes e tolerantes. O feminismo vê o pior de cada pessoa. O Sagrado Feminino vê a luz em cada pessoa. O Sagrado Feminino vê a estrela no céu noturno. 





*O feminismo é a falsa lógica e a filosofia do rancor. O Sagrado Feminino é a verdadeira intuição e a Sabedoria do Amor. O feminismo diz que o homem é poder e a mulher submissão. O Sagrado Feminino diz que o homem é poder e a mulher poder também. 






*O Sagrado Feminino diz que o homem é a espada e a mulher o cálice. O homem é a luta e a mulher a oração para o Sagrado Feminino. Mas nada impede da mulher também ser luta e o homem aprender a oração.






*O feminismo separa os homens e as mulheres como se o amor entre eles fosse uma "construção social opressora". O Sagrado Feminino une os homens e as mulheres, ressaltando que o amor entre eles tem poder libertador. A mulher ensina o homem a sublimar o seu instinto agressivo com a sua doçura e magia sexual. O homem, por sua vez, ensina a mulher ser mais ativa e audaciosa. O feminismo diz que o Amor, o Romantismo e Deus são construções sociais negativas. O Sagrado Feminino diz que o Amor, o Romantismo e Deus são as energias mais doces, poéticas e libertadoras do mundo. 

*O feminismo diz que o cavalheirismo é um exercício de opressão (pasmem!) e que realça a sua feminina "fraqueza". O Sagrado Feminino diz que a mulher é forte espiritualmente e fisicamente, mas reconhece que a força masculina é mais desenvolvida no campo biológico. O Sagrado Feminino respeita o cavalheirismo, pois ele pode ser uma forma de ressaltar o quanto a mulher é sagrada. O cavalheirismo pode ser expressão de gentileza, carinho e cuidado. O homem, ao ser cavalheiro, não diz "você é fraca", mas sim "você é importante para mim". Uma joia preciosa precisa de cuidado, uma mulher também. 

*Sinceramente, eu não me importaria se alguém abrisse a porta do carro para mim, abrisse a garrafa do vinho ou do champanhe (eu não gosto de abrir garrafas mesmo), me emprestasse o seu casaco na noite fria ou puxasse a cadeira para eu sentar. Seria muito mais hostil e opressor se a pessoa me deixasse passando frio do que se me emprestasse o casaco... [Minha visão de mundo]. 






*O feminismo diz que Deus é o ópio. O Sagrado Feminino diz que Deus é lucidez e realidade. O Sagrado Feminino diz que a política é o pior ópio do mundo... O feminismo diz que você deve se rebelar contra o sistema. O Sagrado Feminino diz que você deve se elevar bem acima do sistema, vivendo de forma original, autêntica e única. 




*O feminismo enxerga a sociedade como um demônio. O Sagrado Feminino diz que não há demônios exteriores, pois os verdadeiros demônios são os vícios internos. O feminismo vê demônios e inimigos externos na sociedade e almeja uma "revolução". O Sagrado Feminino pede para que cada indivíduo olhe para dentro de si mesmo e mude a própria personalidade. O feminismo é a luta inútil contra demônios invisíveis. O Sagrado Feminino é a luta útil contra os vícios da alma. O Sagrado Feminino é a elevação da virtude. O Sagrado Feminino é a Única e Verdadeira Revolução das Revoluções: a Transmutação interior! 






*O feminismo corta os teus cabelos, renega o teu batom e quebra o teu salto alto. O Sagrado Feminino coloca uma auréola sobre os teus cabelos, transforma o teu batom em um pincel e dá asas aos teus sapatos. O feminismo queima o teu sutiã. O Sagrado Feminino coloca o teu sutiã num altar.

Texto escrito por Tatyana Casarino.

*Para ler mais sobre o tema, clique na TAG (título/marcador ao lado direito do blog) "Sagrado Feminino". 

Confiram uma Música que elucida o Sagrado Feminino: Lady Of The Flowing Waters de Robert Glass. 




https://www.youtube.com/watch?v=Bmf7uIor_MQ

Letra da Música:


Lady of the flowing waters

Lady of the flowing waters
Lady of the mountains
Lady of the flowering meadows
Lady of the forest

The Goddess is in everything
In every form of nature
The Goddess is in everything
In every form of beauty

Lady of the shining stars
Lady of the moonlight
Lady of the dew at sawn
Lady of the twiligh


Senhora Das Águas Correntes

Senhora das águas correntes
Senhora das montanhas
Senhora dos prados floridos
Senhora da floresta

A deusa está em tudo
Em toda forma da natureza
A deusa está em tudo
Em toda forma de beleza

Senhora das estrelas brilhantes
Senhora do luar
Senhora do orvalho no serrado
Senhora do crepúsculo


2 comentários:

  1. Enfim, o sagrado feminino é uno, é todo, abraça todos e tudo, tem equilíbrio, sabedoria... Incrível seu texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Fico feliz que tenha gostado! Namastê! A deusa que habita em mim saúda a deusa que habita em você! Abraço!

      Excluir