O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Os missionários do amor (Clara & Franscisco)



O verdadeiro cristão não indaga amargamente:
"O que o outro faria se estivesse no meu lugar?"
Mas ajuda, com amor, o próximo prontamente,
pois sabe o que Cristo faria naquele lugar!

Você é capaz de ouvir o sussurro?
Você é capaz de interpretar o chamado?
Você sabe o que significa renunciar tudo?
Você sabe o que é amar e ser amado?

Naquela cidade, eu vi Francisco
outrora tão adornado e agora despido.
Naquela cidade, eu vi um mosteiro de luz,
e ajoelhei emocionada diante da cruz.

Ele andava de vestes simples e calmas,
seu manto marrom era o escudo da alma.
Ele andava entre os leprosos e os santos,
cantando a Deus o soneto dos anjos.

Naquela cidade, eu vi uma donzela de olhos divinos
cujos pés caminhavam sobre ardente e vivo fogo.
Ela cortou os cabelos e abdicou todo o seu tesouro
para servir os caminhos do amor de Cristo.

Eles eram tão jovens e tão belos,
eles poderiam morar em castelos
e abraçar os bens do mundo do instinto.
Mas, ao invés disso, seguiram a Cristo.

A vida deles estava apenas começando
quando eles ouviram a voz do Senhor:
"Abandone tudo e siga apenas o Amor,
abandone tudo e siga apenas o Amor."

Aquela voz quente, magnética e profética,
que soa como o sino do divino despertar,
não pode ser desprezada cegamente sob o luar
quando o sábio e o louco bebem da luz poética.

E, então, a vida perde todo o seu sentido
se houver a matéria e não houver o Cristo.
Renunciamos todos os bens em nome de um bem maior:
a proclamação do amor que está em vós.

Peregrinando entre os belos montes verdes,
dormindo em cabanas tão pequenas,
eles cantavam sob o luar e as estrelas
a poesia gloriosa da salvação.

Entre os girassóis, os pássaros e os lírios,
esses versos transbordavam da alma de Francisco
que logo proclamou diante da terra e do mar:
"Senhor, faça de mim um instrumento da paz!"

Francisco prometeu expulsar do mundo a dor,
eis que onde houvesse ódio, ele levaria o amor.
O verdadeiro cristão leva o perdão à ofensa
e transforma a amarga discórdia em doce união.

Francisco levava a fé para onde havia a dúvida,
esclarecendo a verdade diante do erro.
Ele iluminava de esperança o lugar do desespero,
expulsando a tristeza com doce alegria.

Poesia escrita por Taty Casarino.

Esta poesia foi inspirada na história de São Francisco de Assis e Santa Clara.

Orações atribuídas a São Francisco de Assis:



O Cântico ao Irmão Sol, ou Cântico das Criaturas

Altíssimo, onipotente e bom Senhor, a ti subam os louvores, a glória e a honra e todas as bênçãos!A ti somente, Altíssimo, eles são devidos, e nenhum homem é sequer digno de dizer teu nome.
Louvado sejas, Senhor meu, junto com todas tuas criaturas, especialmente o senhor irmão sol, que é o dia e nos dá a luz em teu nome.
Pois ele é belo e radioso com grande esplendor, e é teu símbolo, Altíssimo.
Louvado sejas, Senhor meu, pela irmã lua e as estrelas, as quais formaste claras, preciosas e belas.
Louvado sejas, Senhor meu, pelo irmão vento, e pelo ar, pelas nuvens e o céu claro, e por todos os tempos, pelos quais dás às tuas criaturas sustento.
Louvado sejas, Senhor meu, pela irmã água, que é tão útil e humilde, e preciosa e casta.
Louvado sejas, Senhor meu, pelo irmão fogo, por cujo meio a noite alumias, ele que é formoso e alegre e robusto e forte.
Louvado sejas, Senhor meu, pela irmã, nossa mãe, a terra, que nos sustenta e nos governa, e dá tantos frutos e coloridas flores, e também as ervas.
Louvado sejas, Senhor meu, por aqueles que perdoam por amor a ti e suportam enfermidades e atribulações.
Benditos aqueles que sustentam a paz, pois serão por ti, Altíssimo, coroados.
Louvado sejas, Senhor meu, por nossa irmã, a morte corpórea, da qual nenhum homem vivo pode fugir.
Pobres dos que morrem em pecado mortal! e benditos quem a morte encontrar conformes à tua santíssima vontade, pois a segunda morte não lhes fará mal.
Louvai todos vós e bendizei o meu Senhor, e dai-lhe graças, e o servi com grande humildade!



Oração da paz / Oração de São Francisco de Assis


Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, Fazei que eu procure mais
Consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna.


Confiram essa oração em música (interpretação do grupo Cantores de Deus):

 
 
 
                               Oração de São Francisco  



Para aqueles que desejarem conhecer mais a história de São Francisco e Clara, recomendo o seguinte filme de temática católica:




Filme: Clara e Francisco


 



  Sinopse: Este filme é uma superprodução que traz a história dos jovens: Francisco, filho de um rico comerciante de tecidos, com a ambição de se tornar um fidalgo cavaleiro de Assis; Clara, de linhagem nobre, prometida em casamento ao jovem Ranieri di Bernardo. Chamados por Deus a viver a perfeição do Evangelho, Clara e Francisco trocaram o conforto da família para viver a corajosa opção de seguir Jesus na mais absoluta e total pobreza. De sua resposta generosa, teve início na Igreja a grande Família Franciscana, com sua mensagem de paz e de amor, hoje espalhada no mundo inteiro. Clara e Francisco é um filme de grande valor pela veracidade histórica, originalidade e beleza das imagens e perfeição com que foi realizado.

*Eu vi este filme na TV Aparecida.

Confiram o Trailer:

 
https://www.youtube.com/watch?v=YoZgRjpu6AU

Cinema da Fé | Clara e Francisco


 Tatyana Casarino

Nenhum comentário:

Postar um comentário