O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





quinta-feira, 16 de junho de 2016

Carpe Diem



O homem mais rico é aquele cujos prazeres são mais baratos.
Henry David Thoreau

Fazer todos os dias um bom dia, essa é a mais elevada das artes.
Henry David Thoreau


Os castelos de ouro são de areia,
eis que a matéria será pó.
Viva este dia com a alma inteira
antes que, na vida, a morte dê o nó.

Nada é mais sagrado do que este dia,
nada é mais importante do que agora.
Ama a todos e, principalmente, a família,
eis que um dia todos irão embora.

A ilusão do tempo, a ampulheta da morte,
as angústias humanas, as labutas da alma.
Os obstáculos serviram para eu ficar forte
e a histeria me ensinou a ser calma.

Quantas lágrimas eu derramei, meu bem,
até descobrir toda a bênção do sorrir.
Foram inúmeras gotas de chuvas escandalosas
até encontrar o arco-íris de uma vida proveitosa.

É recomendável tirar do velho guarda-roupa
tudo o que você guardou para uma ocasião especial.
Talvez a ocasião sonhada nunca chegue pronta,
então, você precisa tornar grandioso o banal.

Tudo o que você pensa ser banal
é tão absoluto, puro e sagrado.
O almoço, o cumprimento, o abraço,
o acordar, o dormir, o prazer e o cansaço.

Vista todo dia a roupa que você tem vontade,
e beba o vinho que ainda hoje está guardado.
Vamos andar sobre a areia descalços
e brindar com fervor a nossa amizade.

Hoje é o dia de usar o perfume guardado
e desengavetar todo o seu amor.
Hoje é o dia de colocar um sorriso no rosto
e exorcizar toda a sua ingrata dor.

Hoje é o dia de dizer a sua família
que o almoço foi o melhor de sua vida.
Hoje é o dia de abraçar alguém
e sibilar: "te amo" muitas vezes, meu bem.

Hoje é o dia de passar batom e sorrir,
caminhando elegantemente à padaria,
eis que o padeiro é tão digno de minha companhia
quanto qualquer outro ser humano daqui.

Hoje é o dia de limpar as lágrimas
e dizer que a vida é cheia de graças.
É preciso lembrar que somos o sal na terra,
por isso sou tão quente, sorridente e terna.

Poesia escrita por Taty Casarino.

*Observação:

  A poetisa não guarda roupa no armário e cumprimenta sorrindo a todos que encontra, pois vive cada dia como se fosse o último. Gosta de se vestir elegantemente para ir à padaria como se estivesse indo a uma festa, pois sente que a vida é uma festa e considera os lugares mais simples os mais importantes, bem como as horas mais simples. Quer ter uma vida honrada para, quando chegar a morte, despedir-se do mundo da matéria com honra, sensação de missão cumprida e luz.  
 Absolutamente todos os dias na hora do almoço, a poetisa diz a sua avó que foi a melhor refeição que ela já fez em toda a sua vida. Tal frase já virou um "jargão" familiar e uma piada interna hehehe. Elogia a comida da sua avó todos os dias. Taty Casarino diz "eu te amo" para quem ela ama todos os dias e abraça a mãe dezenas de vezes por dia. E você já abraçou quem ama hoje? A vida é curta demais! Vamos amar as pessoas enquanto estamos vivos!
 

*Observação extra:

Carpe diem é uma frase em latim de um poema de Horácio, e é popularmente traduzida para colha o dia ou aproveite o momento. É também utilizado como uma expressão para solicitar que se evite gastar o tempo com coisas inúteis ou como uma justificativa para o prazer imediato, sem medo do futuro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário