O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





quarta-feira, 30 de março de 2016

O Rei da Vida e a Rainha da Sabedoria




A doce rainha da noite é a poetisa
dos templos de Salomão e da sabedoria.
Sob os teus pés, a lua cheia e a lua minguante,
sobre o téu véu, as romãs e os cantares da noite.

Doce voz de mel que reina nos livros,
suave silêncio, nos templos, intrínseco,
incríveis olhos que adoram o conhecimento,
rainha da luz, o saber é o teu reino.

Tua pureza brilha como a lua divina,
tuas vestes em tonalidades azuis são lindas,
eis todo o magnetismo da sacerdotisa,
rainha da noite, rainha da sabedoria.

O teu silêncio diz "sim" aos meus sonhos,
a tua castidade diz "não" aos meus desejos.
Das tuas vestes, quero a tua pele oculta,
dos teus lábios, beijos, do teu véu, os teus cabelos.

Doce princesa que reina no oculto,
desejo as delicadas mãos que tocam os segredos,
quero ser o servo mais fiel do teu templo,
eis que almejo desvelar o mistério mais profundo.

Sou o bobo que ri incansavelmente da jornada,
sou a pureza das crianças e a leveza dos anciãos.
Caminho nas vielas diante dos penhascos,
atravesso, sem medo, toda a escuridão.

Às vezes, ajo como um sábio ancião,
outras vezes, atuo como um menino.
Sou bobo, pois sorrio diante do perigo,
sou herói, pois venço a lamúria do inimigo.

Tenho sede de viver, entusiasmo e alegria,
tenho coragem para dançar na jornada fria,
sou um andarilho mordido pelo seu cão,
que continua a sorrir com seu bastão e bufão.

Sou irremediavelmente apaixonado pela vida,
sou louco no início, no fim, na ida e na vinda.
Saltitante, busco calorosamente a sabedoria
para poder beijar os lábios da doce sacerdotisa.





Poesia escrita por Taty Casarino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário