O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





quarta-feira, 9 de março de 2016

Libertação



 Abraça-me antes de partir,
minha professora da luz.
A sua dor sombria dançava
sobre o meu coração que doía.

Beija a minha face com doçura
antes de caminhar sobre o teu rumo,
oh! imaculada sombra de dor
que trouxe constrangimento à alma nua.

Vejo um espectro cinza partindo,
ele sai de mim para aliviar minh'alma,
e eu desprendo a dor dos braços
como um pássaro aprendendo a voar.

Adeus, querida angústia companheira!
Fui em todos estes anos a tua escrava e prisioneira,
no entanto, de ti não guardo mágoas,
apenas gratidão, forças e armas.

Tu libertaste minh'alma com decência,
e eu libertei o teu espectro que caminha agora
com um cajado, um lampião e uma história
sobre transformação, amor e quintessência.

Enquanto tu caminhas, eu sorrio.
Teu capuz marrom cobre o teu rosto cinza,
meu coração experimenta a paz e o alívio
ao estar livre de sua torturante companhia.

Experimente a paz no coração,
doce paz, doce libertação.
Sem angústia, sem amarras, sem dores,
só luz, amor, verdade e flores.

Poesia escrita por Taty Casarino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário