O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





domingo, 8 de novembro de 2015

Celestial Lion


Referi-vos essas coisas para que tenhais a paz em mim. No mundo haveis de ter aflições. Coragem! Eu venci o mundo. São João, Capítulo 16, Versículo 33

Ele voou como a águia
pelas mais altas colinas,
propagando o amor do Alto
ao descortinar os mistérios da vida.

Ele foi manso como o cordeiro,
e, humildemente, aceitou a experiência humana.
Ele caminhou entre simples seres humanos,
acolhendo pescadores, perdoando pecadores.

Ele semeou amor entre os profanos,
iluminou vielas, curou doentes,
deu luz aos olhos de um cego,
removeu pesada pedra e ressuscitou um homem.

Ele aceitou a cruz com mansidão,
sendo bondosos como um cordeiro.
Ainda crucificado proclamou o perdão
a todos os ignorantes e até ao ladrão.

Ele era Deus, mas tinha rosto de homem,
corpo humano, cabelos ondulados e compridos,
espessa barba, olhos amorosos, nariz anguloso,
mãos que separavam o joio do trigo.

Ele é homem, águia, cordeiro,
mas ele também é leão.
Ele é firme, forte, valente,
a bravura cobre-o por inteiro.

Ele exorcizou o mal com bravura,
espantou os maus pensamentos do deserto,
expulsou demônios, ceifou maledicências,
provou que, para ser bom, é preciso ser bravo.

É preciso lutar pelo bom combate,
ser um guerreiro da luz requer boa postura,
paciência, resignação, bondade, eloquência,
mas também firmeza e muita bravura.

No deserto, prova-se a grandeza e a bravura,
nos desafios da vida, veremos quem vencerá.
Vence quem se vence: eis o mistério de tudo.
Vincit qui se vincit, vincit qui se vincit.*

Vença a si mesmo para, depois, vencer o mundo.
O Mestre dos Mestres atingiu o equilíbrio,
Ele teve coragem de leão para enfrentar o deserto,
conservou a bravura e a dignidade mesmo na cruz.

Quando o medo do mundo, querido irmão,
afligir, angustiar e humilhar o seu coração,
levanta a cabeça e lembra de Jesus,
o vencedor do mundo, o celestial leão.

Poesia escrita por Taty Casarino.

*Leão Celestial (tradução do título do poema do inglês para o português)

*Vence quem se vence (tradução da expressão em latim vincit qui se vincit)

*Imagem do Livro de Colorir Floresta Encantada de Johanna Basford. Gravura colorida por Taty Casarino.

2 comentários:

  1. Que lindaa poesiaa!! Amei essa parte >> É preciso lutar pelo bom combate,
    ser um guerreiro da luz requer boa postura,
    paciência, resignação, bondade, eloquência,
    mas também firmeza e muita bravura.

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz que tenha gostado, Fer! Continue acompanhando o Blog. Beijos!! :)

    ResponderExcluir