O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





domingo, 12 de julho de 2015

Vislumbrando o Paraíso


No supremo coração de Deus,
há lindas moradas celestiais
que aguardam pelos seres mortais.

Quando o corpo para, a alma voa
como uma borboleta a sair do casulo.
Livre para voar, livre das amarras
dos seus pecados terrenos.

Borboletas de belas asas
voando no esplêndido universo,
as sete cores do arco-íris
vibrando nos versos das almas.

Cachoeiras de beleza e encantamento,
peixes coloridos povoando as lagoas,
lagoas cristalinas e cheias de vida.

Flores de todas as espécies:
tulipas, rosas, crisântemos,
violetas, margaridas, dente-de-leão,
orquídeas, papoulas e lírios.

Jardins infinitos a perder de vista,
jardins inefáveis cobrindo o horizonte,
paz espiritual perpétua, luz divina.

Portais coloridos girando, girando,
girando em círculos enormes.
Portais que doam luz etérea
e recebem o Amor e a Gratidão.

Anjos guardiões, anjos amigos,
espíritos de luz e amor ao redor de nós.
Proteção infinita, amparo divino,
calor de Pai e aconchego de Mãe.

E é assim que os meus olhos veem
o inefável e plácido lugar chamado Paraíso,
o Palácio adornado de Amor Divino.

Poesia de Tatyana Casarino

Nenhum comentário:

Postar um comentário