O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Alma de Flor


"A mulher é uma flor com alma"
Ramón de Campoamor y Campoosorio



No teu seio, o alimento
que nutrirá teu filho.
Doce inocente filho de Eva
com olhos despertos e alma a chorar.

Pelo leite da Deusa,
vindo dos teus seios
que tanto amamentam
quanto desejam.

O seio é o pórtico da alma,
a mulher é a mãe da vida.
O leite nutre os filhos de Eva
que choram para viver aqui.

O homem é dependente da mulher.
Para nascer, precisa do seu útero,
para viver, precisa do seu leite,
para ser feliz, precisa do seu amor.

E, quando o homem chora,
é o seio da mulher que o consola
desde o berço até a maturidade.

Aconchega-te no meu peito,
encosta a tua face no meu seio e chora.
O meu amor vai nutrir o teu sonho.

O homem quer se esconder do mundo,
retornar ao útero e viver da flor.
As chaves do segredo da vida
estão na alma florida da mulher.

Poesia de Tatyana Casarino



Nenhum comentário:

Postar um comentário