O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





domingo, 27 de julho de 2014

Guerra Astral



Sob mil sóis,
há mil abismos
perpendiculares e acidentais
aptos à queda e à luxúria.

Quanto mais tua alma é pura
mais tua sombra é suja
como mil flores de lótus
flutuando lodos.

Tudo o que você precisa fazer
é flutuar na superfície
como se nada de mal
ocorresse nas profundezas.

Quanto mais bela a flor de lótus
mais feia será o lodo que a abriga,
quanto mais brilhante o sol
mais profundo é o abismo.

O inferno nada mais é
do que um espelho invertido do paraíso
coo uma estrela caída
cuja forma está invertida.

O orgulho é um fogo que se alastra
ardentemente sob mil quilômetros
até se apagar repentinamente
e transformar o ser no entorpecimento.

A ilusão é a sede da alma
pelo paraíso perdido,
ela é a centelha das sombras
da dormência dos sentidos.

Minhas ferramentas são tantas,
meu conhecimento é tanto
que transbordam de mim.

Mas, ainda assim,
meu sentimentalismo exacerbado,
minha melhor virtude,
meu pior vício,
encobre as minhas ferramentas
com as minhas lágrimas
assim como o mar esconde a areia.

Hoje, minha alma está numa guerra
entre as suas virtudes e os seus vícios.
Hoje, não há equilíbrio,
só há queda ou salvação.

Todo dia é dia de renascer.
Jesus ressuscitou par amostrar
que todos nós estamos aqui
para transmutar.

Hoje eu acordei cansada,
porque minh'alma estava acordada
e em outro plano lutava
para que eu pudesse sorrir.

Transmutar, transmutar,
mudar, mudar, lutar,
lutar, lutar, saber,
saber, saber, vencer.

Poesia de Taty Casarino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário