O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





domingo, 27 de julho de 2014

Aconchega-te


Aconchega-te nos meus braços
como se fossem um barco
e navega no meu corpo
como se eu fosse o mar.

Oh! Meu amor, vindo das estrelas,
a tua flor tem o perfume do teu beijo:
doce de néctar primaveril
daquelas tardes onde tu eras o barco
e eu era o teu doce rio.

Nada mais na vida tem sentido
sem o calor dos teus braços
envolvendo a minha cintura.

Quero dar-te nova vida
como o sol que nasce após a noite.
Quero encher o teu céu
de novas e brilhantes estrelas.

Quero aconchegar-te nos teus braços
e cuidar de ti com amor, com ardor,
com o calor do sol de primavera.
Quero ser aquela que fará da tua vida mais bela.

Venha, meu amor, conhecer nova vida comigo,
encosta a tua face em meu ventre,
e deixa-me acariciar os teus cabelos
enquanto tu suspiras docemente sob o novo luar.

Meu vestido branco dança junto à brisa
enquanto meus cabelos acariciam a tua pele.
Minhas mãos suaves contornam o teu corpo,
enquanto as pétalas das flores que enfeitam meus cabelos
caem, rodopiantes, sobre a tua cabeça.

Flores caem em ti, abençoando-te de doçuras,
versos de amor sussurrados antes do amanhecer,
meu corpo e minh'alma amando-te infinitamente
neste aconchego que é tanto meu quanto teu.

Tatyana Casarino.







Nenhum comentário:

Postar um comentário