O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Dança das Flores





Orquídeas dançam sob o luar,
serpenteando o orvalho com o balançar
de suas pétalas aveludas.

Oh! Rosas gentis e carinhosas,
quantas vezes as gotas de chuva
molharam seus espinhos?

Meu doce jardim, meu torniquete,
tulipas púrpuras cantam em seu reino.
Ah! Tulipas, quero acariciar minha pele
em seus corações tão leves.

A neve cai translúcida,
beijando as tulipas púrpuras,
o frio da noite embala a alma
ardente, florida e doce como o mel.

Eu quero me deitar nessa relva
tão límpida, tão florida,
e beijar as flores com poemas
sobre o mar, o lar e a vida.

Eu quero sentir a água
banhar toda a minh'alma.
Despida, de pérolas vestida
numa cachoeira de flores.

Tatyana Casarino

O poema retrata as flores como entes vivos e com alma. Afinal, tudo que está na natureza é, de certa forma, vivo. A paz, a doçura e a sublime sensibilidade estão intrínsecas no universo das flores, onde um só toque em suas pétalas aveludadas já transmite harmonia.
Sugiro a bela música clássica de Vivaldi: Primavera(Quatro Estações):
http://www.youtube.com/watch?v=MJ40QQ78Wjs&feature=fvst

2 comentários:

  1. Suas poesias nos levam a um mundo mágico onde não dá vontade de sair...

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz em saber que minhas palavras conseguem transportar as pessoas para um mundo mágico! Esse mundo habita minha imaginação e eu amo compartilhá-lo em poemas!!

    ResponderExcluir