O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





sábado, 22 de setembro de 2012

Lábios vis



Lábios vis

Eras tu, naquela envolvente noite,
os lábios mas ardentes e vis
que minh'alma já tocou.
Esqueci, por um instante, meu amor,
a realidade que me ronda.

Tu fizeste com que eu bebessse do teu perfume,
viciei-me docemente me teu amor,
e agora aqui embriagada estou,
perplexa de tanta dor.

Amo-te tanto que minh'alma dói
como se estivesse sangrando
na navalha sagrada,
derramando lágrimas de amor.

Por que tu roubaste o meu espírito?
É neste jardim deserto
que cresceu uma flor.

Meu coração é do jardineiro
cujos cabelos escorrem até os ombros.
Ele é tão nobre quanto suas virtudes
que fazem brotar amor.

Tatyana Casarino

Um comentário:

  1. Uma pessoa apaixonada, que se encanta com pequenas e importantes belezas.

    ResponderExcluir