O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Operação Poética


Operação Poética

 

Eis que o vento clama

por folhas que levitam

os versos do poeta.

 

De uma imagem,

brota um sentimento

belo, mágico e eterno

dentro da alma.

 

Se o filósofo é parteiro de ideias,

como eternizou o sábio Sócrates,

então o poeta é parteiro de sentimentos.

 

A caneta é o bisturi,

que rasga o papel

para tatuar o sentimento

que a alma do poeta abriga.

 

Eis então a simbiose

Formada entre poeta e papel,

o qual passa a ser,

quase sem querer,

o raio-x de sua alma.

 

Descarga elétrica:

é assim a inspiração.

Vem, repentinamente,

quando o poeta menos espera.

 

E, atacado pela surpresa

do som dos anjos inspiradores,

o poeta parte para mais uma operação.

 

O papel é o seu suporte,

e, a caneta, sua varinha de condão,

a qual faz as mágicas de escrever

os versos transportados do coração.

 

Todo poeta precisa ser mágico

para transformar sentimentos indescritíveis

em versos rimados ou livres.

 

A inspiração é uma poção secreta

de fórmula desconhecida

que chega, de repente,

para trazer vida a uma nova poesia.

 

Para ser poeta, é preciso ter:

um coração cheio de sentimentos,

uma alma ultrassensível,

além da habilidade mágica

de descrever o indescritível.

 

Tatyana A. F Casarino

Nenhum comentário:

Postar um comentário