O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





sexta-feira, 22 de julho de 2011

Poema romântico






Tu é o sol que ilumina os dias meus,

sem tu, minha vida é um breu!

Um breu escuro regado a lágrimas,

lágrimas tristes e desalmadas.


Amo-te com a profundidade de minha alma,

amo-te com a ternura floral dos campos.

Sem tu, tudo aqui é pranto!

Amo-te assim, o amor é tanto

que no peito não cabe mais.


Mas, se tu queres amar,

é com a alma que se ama

e com nada mais.

É pelo meu amor que clamas,

oh! ventos dos mares!


Amores como o vento:

só se sente, não se vê,

começa brisa calma

e em furacão se acaba.








Poesia de: Taty Casarino




Imagem: Escultura de Rodin




Auguste Rodin (Paris, 12 de novembro de 1840Meudon, 17 de novembro de 1917) foi um escultor francês.