O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





sábado, 25 de junho de 2011

Clair De Lune




O luar sobre nós ilumina teu sorriso,

e o vento da mará balança meu vestido.

Em teus braços, eu flutuo enquanto ouço Debussy,

e tu me roubas um beijo enquanto toca um soneto.


Ah! Se Debussy soubesse da magia

que Clair de Lune lança aos poetas,

teria escrito uma poesia

para enamorar sua melodia...


Que romântico não gostaria

de estar com seu amor ao som de Clair De Lune?

Que poeta não se inspira

quando ouve essa melodia?


Quando ouço Clair De Lune,

eu fecho os olhos e me imagino

a dançar pela praia com meu melhor vestido

nos braços de um amor desconhecido.




Nenhum comentário:

Postar um comentário