O Cantinho de Tatyana Casarino. Aqui você encontrará Textos diversos e Poesias simples com a medida do coração.









Contador Grátis





quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Esperança: a chave do progresso


Esperança: a chave do progresso

Os brasileiros estão acomodados. As notícias jornalísticas sobre os casos de corrupção já não assombram mais. A falta de ética no âmbito político e nacional é vista com indiferença pela maioria. Poucos são os que indignam-se. Contudo, até os indignados não têm coragem de expor suas críticas.
Quando discutimos ética, pensamos nas atitudes que os seres humanos têm liberdade de escolha. Uma atitude ética é aquela baseada em princípios e valores fundamentais que constituem o caráter.
Segundo a filosofia de Kant, uma ação moral é desprovida de interesses pessoais. Não obstante, observamos que a maioria das ações humanas – mascaradas por uma falsa moral- são recheadas de inúmeras intenções.
No âmbito político, a corrupção invade as atitudes políticas e acarreta em inúmeras polêmicas estampadas nos jornais. O povo brasileiro ficou sem esperança e até indiferente em virtude das inúmeras decepções. Inúmeras vezes, confiamos em um político e nos decepcionamos. Isto acarreta na generalização feita pelo povo desiludido: “Eles são todos corruptos”.
O povo brasileiro- por mais decepcionado que esteja- deverá construir a esperança e lutar por uma nação mais ética. Esta luta deverá basear-se na exposição das críticas de cada indivíduo. O brasileiro deve aprender a reclamar ao invés de acomodar-se na conjuntura vivenciada.
A indiferença não constrói o progresso de uma nação. Devemos nos preocupar com a realidade em que estamos inseridos ao invés de ficarmos alienados e indiferentes. Expor as nossas críticas é o meio de tentarmos construir uma nação melhor. Devemos sempre possuir a esperança em nossos corações, pois esta é a chave do progresso.

Taty Casarino